MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Despesas com pessoal, por Ricardo Bergamini

Prezados Senhores
A causa primária da tragédia brasileira está no descontrole irresponsável dos gastos com pessoal ocorrido no período dos governos do PT (2003/2016). No estudo em pauta a comparação é apenas dos estados entre 2010 e 2016 chegando a um aumento real acima da inflação médio de 23,70%, mas que no período total de 2003/2016, considerando união, estados e muncípios foi um crescimento médio real da ordem de 57% acima da inflação.
Como esses gastos são de longo prazo, em função dos direitos adquiridos, muito pouco a sociedade poderá fazer para alterar, por isso a dificuldade de se controlar o deficit fiscal.
No serviço público brasileiro existe um crescimento vegetativo dos gastos com pessoal, que mesmo sem conceder nenhum aumento salarial o custo com pessoal aumenta em função de diversos mecanismo existentes, tais como: promoções, quinquênios, triênios, licença prêmio, dentre muitos outros penduricalhos.
Para que os senhores entendam a magnitude do problema o quadro demonstrativo abaixo retrata ganho real, ou seja: acima da inflação, cuja mediana foi de 23,70% no período analisado.
Veja o caso do Rio de Janeiro onde houve um crescimento real acima da inflação de gastos com pessoal de 10% com a ativos e pasmem! 30% com inativos. Totalizando aumento total da ordem de 40% acima da inflaçao, igual a MG. Sendo o MT o lider com aumento da ordem 45% acima da inflação.
Fica a pergunta: após o BNDES comprar a falida estatal CEDAE, qual será o próximo passo, já que o custo com pessoal é de longo prazo, em função dos direitos adquiridos?
Com a palavra o liberal presidente do BNDES.   
Em quem os senhores vão acreditrar?
- nos políticos vigaristas vendendo falsas ilusões travestidas de “reformas” sem nenhum poder de alterar a tragédia ora colocada;
ou nos órgãos técnicos do estado brasileiro. 

Gastos com Pessoal dos Estados – Fonte MF
Base: 2010/2016


Arquivos oficiais do governo estão disponíveis aos leitores.

Ricardo Bergamini
(48) 99636-7322
(48) 99976-6974